A importância da gestão de funcionários terceirizados

Grande parte do sucesso de uma empresa está relacionada diretamente com os seus funcionários, disso não há dúvidas. A mão de obra qualificada, seja ela advinda da terceirização ou não, é fundamental para que os objetivos da empresa sejam atingidos e seus ideais respeitados.

Em muitos casos, porém, o RH acaba direcionando os esforços de gestão de funcionários com mais foco nos celetistas, o que termina por deixar o trabalho dos terceirizados sem um acompanhamento mais próximo.

Neste artigo vamos elaborar um pouco mais sobre essa questão, e ilustrar a importância da abrangência da gestão de pessoas para todos os colaboradores, tanto os de carteira assinada quanto os terceirizados.

Por que realizar a gestão de funcionários terceirizados?

A gestão dos funcionários terceirizados está diretamente relacionada com a qualidade dos serviços que eles estão realizando. Ao optar pela terceirização, a sua empresa está buscando um resultado, que pode ser a necessidade de pessoal para ocasiões ou projetos específicos, reposição de funcionários por questões de férias ou afastamento, entre outros.

Porém, para atingir esses objetivos, a gestão dos funcionários terceirizados é absolutamente necessária. A terceirização tem ganhos relacionados à lucratividade e ao orçamento da empresa. Mas, na prática, os funcionários terceirizados ainda desempenham um papel bem próximo aos dos celetistas.

É verdade que o terceirizado deve estar preparado e bem treinado, e que essas são responsabilidades da fornecedora de mão de obra. Porém, quando se há um acompanhamento e um esforço de gestão em dois fronts – você e a empresa contratada – o trabalho do funcionário terceirizado é otimizado e seus objetivos são atingidos com maior facilidade.

Como realizar a gestão dos terceirizados?

Apesar da maior parte da gestão dos funcionários terceirizados ser atribuída à terceirizada, a união de esforços entre a empresa prestadora e a contratante permite que cada uma delas fique responsável pelas questões mais relevantes para seu ramo.

Por exemplo: sua empresa terceiriza algumas tarefas da área de TI. Seu departamento de gestão de pessoas poderá acompanhar o trabalho propriamente dito, estabelecendo metas para os terceirizados e verificando o desempenho e rotina desses trabalhadores. Já a empresa prestadora de mão de obra será a responsável por lidar com os aspectos burocráticos, como encargos trabalhistas e folha de pagamento, além de questões como processos de recrutamento e seleção e treinamentos iniciais.

Quando essas áreas de responsabilidade são feitas dessa maneira, é possível extrair todo o potencial que a terceirização oferece e colher os frutos da sua praticidade e os benefícios que ela traz para a empresa.

Estabeleça metas

Na maioria dos casos, mesmo com empresas intermediárias agindo em conjunto com você, as suas metas se aplicam perfeitamente a todos os colaboradores prestando serviços.

A lógica é simples: você precisa de um serviço, e esse serviço é realizado através de etapas. Para medir a eficácia do que está sendo feito, as metas são mais do que necessárias, e não há nada de errado em estabelecê-las para os funcionários terceirizados.

Acompanhamento total

O trabalho dos funcionários terceirizados deve ser acompanhado de perto, da mesma forma que você acompanha o dos celetistas.

As metas são uma forma de acompanhamento por si só, mas elas também precisam ser “vigiadas”. A mesma lógica anterior também se aplica aqui: você precisa do serviço realizado em um espaço de tempo, e precisa de garantias de que esse prazo será respeitado.

Assim, apenas estabelecer as metas não basta. É preciso acompanhá-las para entender se elas serão atingidas antes que os problemas relacionados ao não cumprimento da tarefa se revelem.

Feedback constante

Muitos gestores se sentem mais confortáveis em aplicar feedbacks na sua própria equipe, sendo que os funcionários advindos da terceirização também precisam desse retorno sobre o que eles estão fazendo.

Aplicar feedbacks para funcionários terceirizados é completamente normal e esperado. Não se sinta intimidado: enquanto eles estão prestando serviço para você, eles são parte integral e insubstituível da sua equipe, assim como os contratados diretamente pela sua empresa.

Integração é a solução

Não podemos deixar de ressaltar que, terceirizados ou celetistas, na realidade da empresa todos são parte de uma grande equipe. Esforce-se para trazer os funcionários terceirizados para mais próximo das equipes efetivadas, e faça com que eles se sintam, acima de tudo, em casa.

Isso tem um grande valor no engajamento de todos os membros de todas as equipes da empresa. Mesmo com a terceirização, os colaboradores advindos desse regime de contratação se sentem parte do mesmo todo, têm os mesmos objetivos e estão motivados a atingi-lo acima de tudo.

Procure um bom fornecedor de terceirização

A melhor maneira de garantir que os seus funcionários sob regime de terceirização sejam a combinação perfeita para você é investir em uma fornecedora de mão de obra terceirizada que entende do assunto.

O fornecedor de mão de obra terceirizada vai garantir que o funcionário tenha um bom treinamento, esteja de acordo com o perfil que sua empresa procura e que tenha as qualificações necessárias para a execução das suas responsabilidades.

Tudo isso é contemplado se você conta com uma fornecedora de mão de obra terceirizada idônea e que possui experiência em contratações nesse modelo.

A Mazzini já possui 35 anos oferecendo mão de obra terceirizada qualificada de acordo com as necessidades de cada cliente. O melhor é investir em quem entende do assunto e lida diariamente com a terceirização abrangente e eficaz. Entre em contato conosco e descubra o potencial que a terceirização bem realizada guarda para a sua empresa!

Deixe um comentário