A importância da mão de obra qualificada para sua empresa

 Em Recrutamento, Terceirização

Você imaginaria que 60% das empresas queriam contratar novos profissionais mesmo na crise? E se nós te disséssemos que 53% delas tentaram e não conseguiram porque não encontraram mão de obra qualificada?! Curioso, não? Esses dados de uma pesquisa feita pela Federação das Indústrias do Rio em 2016 demonstram claramente a importância dada a esse fator para o sucesso de um negócio.

Afinal, de nada adianta ter um produto ou serviço excelente, se a sua organização não trabalha com pessoas que possam executar o que for necessário com maestria. Pensando nisso, você pode investir na capacitação dos colaboradores ou buscar trabalhadores já preparados com a terceirização de profissionais. Mas o que é melhor? Depende. Entenda um pouco mais sobre o assunto neste artigo!

O que é a mão de obra qualificada?

A mão de obra qualificada se resume em profissionais capacitados para trabalhar na função em que são designados. Ou seja, são pessoas competentes e aptas para executar aquilo que for delimitado a elas no dia a dia.

Trabalhar com esse colaboradores nesta situação traz diversos benefícios, como maior agilidade na execução das tarefas, redução de atrasos e até mesmo um maior nível de motivação. Dessa maneira, os riscos da instituição ficar insatisfeita com o seu trabalho, demiti-lo e iniciar um novo processo de recrutamento são reduzidos drasticamente.

Em um cenário ideal todas as empresas buscariam essa pessoa, mas algumas ainda priorizam aquelas com pretensões salariais baixas. Isso acontece porque o profissional qualificado já tem bastante conhecimento e experiência na sua área de atuação e, logicamente, demanda remuneração mais alta – o que somado aos impostos incorridos em folha, têm um impacto importante nos custos das empresas.

Nessa situação, muitos gestores se veem presos a uma gangorra. De um lado eles têm uma mão de obra menos qualificada, mas barata, enquanto do outro existem possíveis excelentes colaboradores, mas caros. Então, qual seria a melhor alternativa?

Investindo em capacitação

Como dito no início do texto, a capacitação pode ser uma ótima saída. Afinal, caso a empresa não possa arcar com os custos de alguém que já esteja qualificado, porque não investir em uma pessoa que queira crescer profissionalmente?

Nesse caso, o gestor de RH deve perceber no recrutamento aqueles candidatos que tenham um perfil de aprendiz. Ou seja, ele precisa identificar quem não apenas gostaria de vestir a camisa da casa, mas que também tenha capacidade de se desenvolver e absorver os conhecimentos necessários com facilidade.

Depois de contratar esse tipo de mão de obra, geralmente basta investir em capacitação e esperar para colher os frutos. Depois de um certo prazo, em geral o resultado é muito bom, pois no devido tempo o colaborador estará apto a executar as tarefas com a qualidade necessária. O ponto a se considerar aqui é a questão do tempo: Nem sempre a empresa pode esperar por este desenvolvimento, já que os clientes demandam qualidade continuamente.

Como a terceirização pode ajudar?

Muitas instituições acreditam que esse processo de capacitação pode ser bastante problemático. Afinal, a qualquer momento esse contratado pode ser atraído por outra companhia, desperdiçando tudo o que foi investido. Sem contar, como mencionado anteriormente, o tempo necessário para se colher os benefícios deste tipo de investimento, muitas vezes difícil de se lidar já que as necessidades de negócios são imediatas. Por isso investir nesta capacitação muitas vezes pode não ser a melhor opção para a empresa em determinado momento. Se esse for o seu caso, a terceirização pode ser uma boa saída.

Isso porque com ela você terá uma mão de obra qualificada a sua disposição rapidamente, com um contrato cobrindo o que é necessário ser cumprido por este profissional, sem precisar se preocupar com nada além do seu core-business. Afinal, a empresa contratada fica encarregada de todos os pormenores para ter o profissional adequado no momento necessário, enquanto a contratante deve apenas monitorar o serviço. Sendo assim, a sua empresa pode:

  • Reduzir custos, deixando de gastar tempo e dinheiro com processos seletivos e administrativos, gestão de pessoas etc;
  • Trabalhar com profissionais que já fizeram os devidos cursos de capacitação para atender perfeitamente;
  • Ganhar em escala e produtividade, visto que a empresa contratada geralmente tem um volume maior de funcionários;
  • Ter uma “carteira de candidatos” a disposição, podendo encontrar e encaixar facilmente a melhor pessoa para a vaga;
  • Otimizar as buscas, pois a empresa terceirizada procura candidatos para diferentes vagas e pode ter a pessoa perfeita para a sua instituição. Isso simplesmente por ter achado alguém em uma entrevista para outra vaga;
  • Ter níveis de serviços acordados contratualmente, assegurando que os requisitos para novos colaboradores sejam cumpridos;

Quer saber um pouco mais sobre a terceirização e contar com uma mão de obra qualificada para a sua organização? Então conheça um pouco mais dos nossos serviços e veja as vantagens que você pode ter!

Postagens recentes

Deixe um comentário