mk_theme_js_path = "http://www.mazzini.com.br/wp-content/themes/jupiter/assets/js", mk_theme_dir = "http://www.mazzini.com.br/wp-content/themes/jupiter", mk_captcha_placeholder = "Enter Captcha", mk_captcha_invalid_txt = "Invalid. Try again.", mk_captcha_correct_txt = "Captcha correct.", mk_responsive_nav_width = 1140, mk_vertical_header_back = "Back", mk_vertical_header_anim = "1", mk_check_rtl = true, mk_grid_width = 1240, mk_ajax_search_option = "toolbar", mk_preloader_bg_color = "#ffffff", mk_accent_color = "#34334f", mk_go_to_top = "true", mk_smooth_scroll = "true", mk_preloader_bar_color = "#34334f", mk_preloader_logo = ""; var mk_header_parallax = false, mk_banner_parallax = false, mk_footer_parallax = false, mk_body_parallax = false, mk_no_more_posts = "No More Posts";

As últimas notícias sobre o varejo brasileiro, especialmente para os supermercadistas, têm sido positivas e mostram uma recuperação do setor. Mas, por mais que a economia esteja se recuperando e as previsões sejam boas para este ano, é importante estar atento às tendências do varejo para atender às expectativas do shopper. Em maio, acontece o APAS Show 2018, considerado o maior evento mundial de supermercados, e podemos esperar grandes novidades para o setor durante os 4 dias de evento.

Enquanto o APAS Show não chega, o portal Mundo do Marketing separou algumas tendências para o varejo brasileiro para 2018 que podem fazer toda diferença em sua estratégia de trade marketing. Confira!

Coleta de informações

Uma das tendências mais fortes para esse ano é o uso de dados na personalização de experiências de compras dos shoppers: dados gerados pelos clientes e coletados pelos supermercadistas serão fortemente usados para a definição da estratégia de negócio mais indicada. A tecnologia é a grande aliada dos varejistas para isso – além de facilitar o processo de compra, ela é fundamental para a coleta dos dados que serão usados no futuro para oferecer uma experiência mais personalizada para os consumidores.

Um exemplo de como a tecnologia já está sendo usada no Brasil é o aplicativo Meu Carrefour, onde clientes da rede varejista francesa podem acessar cupons de desconto de acordo com seu perfil de consumo, além de procurar pela loja mais próxima, realizar compras online, utilizar o leitor de código de barras para consultar preços em tempo real, criar listas de compras, entre outras funções.

Rotina facilitada

Outra tendência do varejo para este ano é a implementação de mecanismos para facilitar a experiência e rotina de compra dos shoppers. Algumas redes de supermercado, por exemplo, estão investindo em caixas que permitem o agendamento do horário ideal para passar pelo checkout, agilizando esse processo e oferecendo uma experiência mais rica para o consumidor.

Combinação de tecnologia e pessoas

A tecnologia é uma grande aliada dos varejistas, mas as pessoas ainda têm um papel fundamental no PDV. É o que mostra a Amazon Go, loja física da Amazon em Seattle, EUA: ao entrar na unidade, o shopper é identificado e os sensores de peso nas prateleiras ajudam a descobrir os produtos desejados, dentro do sortimento oferecido. Apesar da tecnologia de ponta, a Amazon investe fortemente nas pessoas que trabalham na loja, responsáveis pela reposição dos produtos e recepção tanto na entrada da loja quanto na sessão de bebidas. O principal papel desses funcionários? Orientar consumidores! Ou seja, por mais importante que seja o papel da tecnologia no varejo, o fator humano ainda tem muito peso e os shoppers querem ter a opção de tirar suas dúvidas, ter ajuda, etc. de um funcionário.

Quer saber mais sobre os serviços de trade marketing da BTL Comunicação e como nossos promotores terceirizados podem ajudar a melhor a presença da sua marca no PDV? Entre em contato conosco!

Fonte: Mundo do Marketing