Considerada a data comemorativa mais importante do primeiro semestre, movimentando cerca de R$ 9,4 bilhões em vendas anualmente, o dia das mães de 2018 promete bons resultados para os varejistas brasileiros. Segundo previsão da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC) as vendas do varejo neste ano deverão crescer 6,1%. Em 2017, o setor já apresentava sinais de recuperação com um crescimento de 2,6% nas vendas para a data.

De acordo com o levantamento, o ramo de artigos de uso pessoal e doméstico deve registrar alta de 12,7%, seguido pelas vendas de hiper e supermercados. Para esse setor é estimado um crescimento de 7,9%, com faturamento de aproximadamente R$ 700 mil para o período. Líder em faturamento, o setor de vestuário e calçados prevê uma arrecadação total de cerca de R$ 3,6 milhões. Móveis e eletrodomésticos aparecem na segunda posição de arrecadação total do varejo, com faturamento de mais de R$ 1,5 milhão.

As estimativas da CNC foram recebidas com otimismo pelos varejistas brasileiros uma vez que o dia das mães é usado como “termômetro” para as vendas do resto do ano. Dados do SPC Brasil (Serviço de Proteção ao Crédito) e CNDL (Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas), a data deve fazer com quem 74% dos brasileiros realizem ao menos uma compra no período, injetando cerca de R$ 17 bilhões nos setores de comércio e serviços.

Maior impulso na contratação de mão de obra temporária 

As boas vendas esperadas para o dia das mães se refletiram também na procura e contratação de mão de obra temporária. De acordo com a CNC, devem ser abertas 21,1 mil vagas para o período, representando um aumento de 3,43% em relação ao ano passado.  A tendência de recuperação do varejo brasileiro deverá elevar para 6,7% a taxa de efetivação de temporários após a data comemorativa.

Seu negócio está preparado para a recuperação do varejo? Conte com o apoio da BTL Comunicação para otimizar sua estratégia no PDV e com a 2Z Temporários para buscar mão de obra temporária treinada e qualificada para o seu negócio.

Fonte:  Portal Novarejo