Quem acompanha o universo do varejo brasileiro sabe que ele está em constante evolução: a cada ano que passa, são novas tecnologias, modelos de trabalho e sistemas logísticos de entrega, além de soluções para atender às expectativas do shopper e seu novo comportamento de compra. Com essa evolução, o trade marketing também precisou se reinventar e acompanhar todas essas mudanças – e tudo isso exige que os profissionais da área, seja um promotor de vendas ou o próprio vendedor de uma loja, se mantenham atualizados, otimizando as vendas e mantendo os números do varejo positivos.

Identificando essa necessidade do mercado e vendo muitas empresas da área buscando profissionalização para seus colaboradores, universidades e instituições de ensino passaram a oferecer capacitação voltada para o varejo: “Hoje um profissional deve ter uma boa formação para que possa exercer as atividades de forma técnica, sempre com o objetivo melhorar a operação logística, reter os clientes, proporcionar novas experiências ao consumidor, fazer avaliação correta de um plano de expansão e criar valor para a empresa”, explica Haroldo Monteiro, coordenador do MBA Gestão Estratégica no Varejo no Ibmec/RJ, em entrevista ao jornal O Globo.

Outro fator que reforçou a necessidade de qualificação dos profissionais e de “reinvenção” do varejo e trade marketing foi o crescimento do e-commerce nos últimos anos: varejistas se viram de frente com um concorrente forte e precisaram de novos métodos para oferecer experiências no PDV que o e-commerce não pode oferecer.

“O varejo é um dos segmentos de maior transformação no mundo e o que mais absorve novas tecnologias. Tudo que nós entendemos por venda ao consumidor final está mudando, como o processo decisório de compras, a operação das lojas, a internet, o uso de smartphones, o sistema logístico de entregas, o uso de Databases e a fidelização dos consumidores. Todas estas mudanças aconteceram em menos de cinco anos e demandam dos novos profissionais do setor estudo e adequação prática”, afirma Ulysses Reis, professor da FGV, instituição que oferece um MBA voltado para o varejo.

Ou seja, cada vez mais, o varejo exige que seus profissionais sejam qualificados e estejam atualizados para acompanhar todas essas mudanças do setor. Uma das formas mais eficientes para se garantir isso, atualmente, é a contratação de empresas terceirizadas especialistas no assunto, que são responsáveis pela seleção, capacitação e treinamento de profissionais de acordo com o perfil desejado e objetivos do varejista.

E a sua empresa? Já conta com profissionais qualificados em suas ações de trade marketing? Conheça a BTL Comunicação, nossa unidade especializada em trade marketing, e descubra como traçamos a estratégia ideal para o seu varejo.

Fonte: O Globo