Está na hora de terceirizar mão de obra na minha empresa?

O capital humano é o bem mais importante de uma organização, entretanto conseguir mão de obra capacitada e cuidar de todos os funcionários pode ser um desafio no mundo empresarial. Por conta disso muitas empresas estão buscando a terceirização como uma alternativa viável para suprir as suas necessidades sem perder em qualidade.

Essa procura se intensificou ainda mais após a lei de terceirização, que trouxe algumas mudanças na legislação e nas relações trabalhistas. Dentre elas, podemos apontar maior segurança para quem contrata e a possibilidade de ter funcionários terceirizados em todos os setores da empresa, inclusive os que incluem atividades-fim.

Apesar da prática da terceirização de mão de obra existir há bastante tempo, somente agora, com a regulamentação e uma maior percepção de seu potencial, é que as empresas começam a entender melhor as soluções que ela pode trazer. A terceirização pode resolver muitos dos problemas enfrentados na gestão de pessoal e proporcionar grandes ganhos, inclusive de redução nos custos. Está na dúvida se é hora ou não de terceirizar mão de obra na sua empresa? Continue lendo e veja alguns sinais que sua empresa pode estar em um momento de avaliar, ou ampliar, algum tipo de solução que inclui mão de obra terceirizada.

É difícil encontrar mão de obra disponível e qualificada

Um dos grandes desafios que as empresas enfrentam é conseguir contratar mão de obra preparada e pronta para atuar em determinadas tarefas. Muitas vezes, os responsáveis pelo recrutamento acabam encontrando profissionais menos capacitados e, por falta de opção e urgência no preenchimento da vaga, acabam optando por uma contratação mais imediata, assumindo a responsabilidade por todo o esforço de treinamento e capacitação.

Com a terceirização você conta com empresas especializadas em determinados tipos de serviço, logo os profissionais que nela atuam já possuem expertise na área de interesse. Cabe à terceirizada fornecer a mão de obra especializada, cuidar da atualização e reciclagem constante e administrar os profissionais. Logo, a contratante consegue o que precisa em relação ao nível de conhecimento de uma forma mais rápida e sem arcar com grandes custos de desenvolvimento.

Falta tempo para priorizar o ‘core-business’

Se preocupar com contratação de colaborardes, administrar folha de pagamento e indicadores de RH, acabam demandando muito tempo e impedem que outras atividades sejam exercidas. Quando se “transfere” essa responsabilidade para uma outra empresa, os funcionários terceirizados deixam de ser uma preocupação e se ganha tempo com a redução das atividades burocráticas e administrativas.

A terceirização permite que se coloque foco no que realmente importa, os negócios. A empresa passa a ter profissionais mais voltados para os assuntos estratégicos, que conseguem promover o crescimento da organização e posicioná-la melhor no mercado.

Repor funcionários demanda tempo 

Como já dito, encontrar profissionais capacitados no mercado pode ser uma tarefa difícil e demorada. Uma vaga pode ficar meses em aberto esperando que o candidato certo apareça e, enquanto isso, algumas atividades da empresa podem ficar paradas ou sobrecarregando outros colaboradores. Depois de contratar esse profissional, pode ser necessário treiná-lo – o que demandará ainda mais tempo e recursos a serem usados em capacitações.

Quando se adota a terceirização de mão de obra, a reposição dos profissionais ocorre de uma maneira muito mais rápida, não impedindo que a tarefa deixe de ser executada.

A terceirizada possui estratégias para que a substituição ocorra de forma quase que imediata, contando com um banco de profissionais.

Por exemplo, se um funcionário solicitar o desligamento, a terceirizada cuida de repor o funcionário em pouquíssimo tempo, muitas vezes até no dia seguinte. Para a contratante, há a vantagem de não precisar interromper as suas atividades por falta de mão de obra, o que poderia ocasionar sérios prejuízos financeiros.

A empresa está perdendo competitividade perante o mercado

Não conseguir entregar produtos de qualidade, não cumprir com prazos e perder espaço para outras empresas pode levar uma organização a fechar as portas.

O aumento da concorrência no mercado é uma realidade, e estar rapidamente preparado para atender um cliente novo, ou uma nova necessidade de negócios, é um possível resultado de algumas vantagens que a terceirização proporciona.

Uma delas é o fato de disponibilizar profissionais altamente capacitados rapidamente, como já citado anteriormente.

Esses colaboradores, por conta de sua experiência, conseguem realizar o seu trabalho de forma mais produtiva do que aqueles que não tiveram a mesma exposição profissional em diferentes ambientes – ou seja, com menor conhecimento – elevando desta forma o índice de produtividade.

Outro ponto é que este maior grau de especialização possibilita que a qualidade do trabalho seja maior, fazendo com que o produto ou serviço final em que estejam envolvidos seja muito competitivo quando comparado ao dos concorrentes.

Os custos estão elevados e impactam as finanças 

Limitações de orçamento podem levar a empresa a não conseguir cumprir com os seus compromissos, e, por conta disto, fazer ajustes que nem sempre resultam em mudanças positivas para os produtos/serviços e para os negócios. A redução dos custos ocorre na terceirização por diferentes fatores.

Por exemplo, existe a questão tributária, com uma carga muito pesada relacionada à folha de pagamento das empresas no Brasil.  Outro deles é a potencial maior capacitação do profissional, que permite que haja um melhor aproveitamento de insumos, por exemplo, evitando desperdícios.

O impacto também ocorre diretamente nos custos de contratação, administração de pessoal e produtividade, fazendo com que estes sejam menores do que no caso de contratações via CLT.

O turn-over dos funcionários também tende a reduzir, uma vez que, com a transferência do peso do recrutamento de algumas posições para uma empresa terceirizada, a contratação de funcionários diretos em cargos mais estratégicos é feita de forma mais precisa, gerando maior adaptação e satisfação em relação ao trabalho.

Os benefícios conseguidos com a terceirização são muitos, tanto que a prática já existe no mercado há algum tempo e agora ganhou mais força com a nova lei. Se a sua empresa passa por algum dos desafios listados acima, está na hora de repensar como a gestão de pessoal vem sendo conduzida, e considerar terceirizar alguns setores da organização.

Aproveite para ler mais sobre o assunto em nosso site e descubra o que podemos esperar do futuro da terceirização no Brasil. Depois entre em contato com a Mazzini para conhecer nossas soluções para a sua empresa.

Leave a Comment